Só é vencido quem desiste de lutar

29
Jul 14

Esta época do ano caracteriza-se também pelo reencontro dos que partiram para longe, com os familiares e amigos que resistiram em deixar as suas terras e aqui constroem os seus projectos de vida.

A Beira Serra, tal como todas as regiões do Interior despovoado do nosso país, continua a sofrer do “drama da ausência” de pessoas, que é minimizado com a súbita afluência dos seus naturais durante os meses de Julho e Agosto, que transformam espaços normalmente adormecidos numa paisagem humanizada a brotar de vida e alegria proporcionada pelas festividades que por aqui se realizam.

Não esqueçamos que este território tem sido o berço de empresários de sucesso que são referências nos seus sectores de actividade, de jovens empreendedores com elevadas competências académicas e profissionais que dirigem projectos de inovação e investigação em reputadas empresas, de cidadãos que atingiram as mais elevadas posições nas comunidades de acolhimento granjeando aí o respeito e consideração dos seus pares, no que se constitui como um orgulho e um exemplo para todos os seus conterrâneos.

Este período, para ser sentido em toda a sua plenitude, deve apresentar-se como um momento de intercâmbio das diferentes vivências e experiências, abrindo a reflexão sobre as motivações dos que saíram e qual o papel que, mesmo afastados do dia-a-dia das suas origens, podem e devem exercer para a promoção e consolidação do seu desenvolvimento social e económico.

É, pois, fundamental criar espaços congregadores das distintas vontades, onde o conhecimento, o saber, a competência e a experiência de todos os actores locais, residentes ou não, sejam trabalhados em conjunto e possam ser colocados ao serviço da valorização do potencial endógeno da Beira Serra, transformando-o em riqueza e emprego, condições necessárias para aumentar os índices de atractividade e competitividade da Região.

Assumindo as suas responsabilidades no âmbito do “Compromisso Beira Serra 14-20”, que tem como objectivo dinamizar o processo de concepção e elaboração da Estratégia de Desenvolvimento a implementar nos próximos anos neste território, a ADIBER lança o desafio a todos quantos integram a nossa diáspora, para partilharem o capital adquirido, as suas ideias e sugestões, envolvendo-se e responsabilizando-se na construção do futuro colectivo.

Pretendemos assim demonstrar que a Beira Serra não se confina às suas fronteiras geográficas, mas sabe e quer ouvir o sentimento dos que estando ausentes têm muito para dar, dando continuidade ao legado do Movimento Regionalista, um exemplo de solidariedade que faz parte da história e da memória desta Região.

 

Publicado no Diário de Coimbra em 29.07.2014

publicado por miguelventura às 20:00
 O que é? |  O que é? | favorito

Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


Acessos

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO