Só é vencido quem desiste de lutar

06
Mai 14

Os Parceiros da ADIBER irão, no dia 9 de Maio, subscrever o “Compromisso Beira Serra 14-20”, confirmando publicamente a sua disponibilidade em contribuir activamente para a concepção da Estratégia de Desenvolvimento Local que será aplicada neste território nos próximos anos.

Este constituir-se-á como mais um importante momento de afirmação de uma Região que está mobilizada e preparada para não desperdiçar as oportunidades disponibilizadas no âmbito do Acordo de Parceria estabelecido entre Portugal e a U.E., demonstrando que quer assumir as responsabilidades que lhe estão conferidas.

Com efeito, estiveram bem a Comissão e o Parlamento Europeu ao atribuir às comunidades locais a possibilidade de desenhar as estratégias que entendam como as mais adequadas à resolução das suas necessidades e de aplicar as ajudas que lhe estarão associadas, co-responsabilizando-as num processo de desenvolvimento amplamente partilhado.

Ao consagrar a dimensão do DLBC – Desenvolvimento Local de Base Comunitária nos Regulamentos dos FEEI, as Instituições Europeias reafirmam o seu reconhecimento e confiança na capacidade evidenciada pela sociedade civil na gestão dos instrumentos de politica específicos para o desenvolvimento local, construídos com forte inspiração nas virtudes da abordagem LEADER.

O “Compromisso Beira Serra 14-20” apresenta-se como mais um passo no caminho que vem sendo trilhado conjuntamente, desde há vários anos, cujo resultado mais significativo tem sido o reforço do espírito de união e coesão entre as Instituições locais da Região, o que se apresenta actualmente como um importante capital que tem de continuar a ser valorizado.

Estão assim reunidas as circunstâncias para evidenciar que este território está apto e quer responder com eficácia a mais este estimulante desafio colectivo, determinante para o seu futuro e para a melhoria do bem-estar das suas populações.

Para tal, é fundamental que a estratégia a implementar, alicerçada na inovação, na criatividade e na competitividade, como factores de criação de riqueza, de valor acrescentado e de criação de emprego qualificado, seja capaz de retratar o sentimento e o pulsar da Região, na qual a generalidade do seu tecido económico, social, cultural e associativo se reveja e se sinta motivado para tornar realidade as metas aí definidas.

Mobilizar e envolver são os propósitos que norteiam a acção imediata de quem tem a responsabilidade de dinamizar este Território, não excluindo ninguém de um processo que é de todos.

Está, pois, nas nossas mãos fazer o que nos compete, dando o nosso contributo para ultrapassar os problemas que outros não têm coragem de resolver.

 

Publicado no Diário de Coimbra em 06.05.2014

publicado por miguelventura às 20:00
 O que é? |  O que é? | favorito

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Acessos

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO